top of page

Alguns estudos que abordam a relação entre a força muscular e a demência/problemas mentais.




1. "Physical function, physical activity, and sarcopenia in elderly Chinese with mild cognitive impairment." Zhang et al. Aging Clinical and Experimental Research, 2021.

Este estudo investigou a relação entre a força muscular, atividade física e sarcopenia em idosos chineses com comprometimento cognitivo leve (CCL). Os resultados indicaram que a força muscular estava significativamente associada ao risco de sarcopenia, e que a sarcopenia, por sua vez, estava associada ao pior desempenho cognitivo.


2. "The associations between handgrip strength and cognitive function in elderly Koreans: A population-based cross-sectional study." Kim et al. Korean Journal of Family Medicine, 2021.


Este estudo examinou a relação entre a força muscular (medida pela força de preensão manual) e a função cognitiva em idosos coreanos. Os resultados mostraram que a força de preensão manual foi significativamente associada à melhoria de numerosos aspectos da função cognitiva, incluindo a memória verbal e a fluência verbal.

Relação da força das mãos com a cognição


"Handgrip strength and cognitive function among elderly cancer survivors." Huang et al. Breast Cancer Research and Treatment, 2020.


Este estudo analisou a relação entre a força de preensão manual e a função cognitiva em sobreviventes idosos de câncer. Os resultados sugeriram que a força de preensão manual estava inversamente associada com os sintomas de depressão e ansiedade, e positivamente associada aos escores de função cognitiva.


"Muscle strength is associated with mild cognitive impairment in older adults: A systematic review and meta-analysis." Wei et al. Age and Ageing, 2020.


Este estudo realizou uma revisão sistemática da literatura e uma meta-análise sobre a relação entre a força muscular e o comprometimento cognitivo leve em idosos. A análise revelou que a força muscular estava significativamente associada à presença de CCL, sugerindo que a força muscular pode ser um bom preditor de comprometimento cognitivo leve.


Espero que esses estudos possam ajudar a aprofundar a compreensão sobre a relação entre a força muscular e a demência/problemas mentais.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page